sexta-feira, 17 de março de 2017

BARRAGEM DE ALQUEVA



                          BARRAGEM DE ALQUEVA 

A Zona agrícola do Alqueva bateu recordes mundiais de produtividade por hectar em 8 categorias de produtos:-milho,beterraba,tomate,azeitona, uva de mesa,bróculos e luzerna.
No caso de alguns destes produtos, na zona agrícola do Alqueva, a produtividade chega a ser 3 vezes superior à média do resto do mundo.
No Alqueva, produz-se uma média de 14 toneladas de milho por hectare contra às 5, 5 toneladas a nivel mundial; no que respeita ao tomate, no Alqueva produz-se 100 toneladas, e no resto do mundo 33,6; quanto às uvas de mesa são 30 toneladas que ficam bem acima da 9,6 toneladas a nível mundial.
Já  existem investimentos na zona, de várias nacionalidades:Marrocos,França, Itália,África do Sul, Escócia e a Espanha, e também em destaque Grã Bretanha e Norte da Europa.
Tirei da Internete em Abril 2018

---------------------------------------------------------------------------- É uma barragem em arco portuguesa, situada no rio Guadiana, no Alentejo interior, perto da aldeia do Alqueva. A construção desta barragem permitiu a criação do maior reservatório artificial de água da Europa Ocidental, também chamado de Grande Lago. Possui uma altura de 96 m acima da fundação e um comprimento de coroamento de 458 m2. Foi construída com o objectivo de regadio para toda a zona do Alentejo e produção de energia eléctrica, para além de outras actividades complementares. Localização: Portel e Moura, Évora e Beja. Foi inaugurada em 2002.



Este imenso plano de água tem uma área de 250 km2, estende-se por mais de 80 kms do curso do antigo rio e os seus mil recortes perfazem 1.160 kms de perímetro.
Para jusante do paredão foi construído o Açude de Pedrogão, parte integrante do complexo, bem visívél da ponte que liga Pedrógão (Vidigueira) a Moura.
A nova beleza que nasceu com este lago é surpreendente e tem aspectos que a tornam num caso singular no conjunto das muitas albufeiras que podem encontrar-se pelo mundo fora: a paisagem tipicamente alentejana que a rodeia, feita de milhares de oliveiras,sobreiros e azinheiras.
As hipóteses de alojamento são múltiplas e as estradas muito panorâmicas.  De todas as localidades deste percurso, são de visita obrigatória, pelo seu interesse patrimonial: na margem direita Juromenha, Alandroal, Terena, Monsaraz e Portel, e na margem esquerda, Mourão e Moura.







A nova aldeia da Luz, que sucedeu à antiga( a única povoação submersa pelas águas de Alqueva), tem um valor simbólico que a torna incontornável. Não deixe de ver o Museu.
Começando pelas actividades na albufeira, para além da pesca desportiva de várias espécies, fazem-se passeios em canoa ou em pequenas embarcações motorizadas, cruzeiros de vários dias e, caso único no país, alugam-se barcos-casa com uma lotação minima de 2 pessoas e máxima de 12.
Estão ainda desponíveis para alugar:- embarcações para pesca desportiva, jangadas com motor, canoas e caiaques, barcos à vela, embarcações de recreio e pranchas de  windsfurf.

Texto extraído da Wikipédia e  O Melhor do Alentejo-Turismo de Portugal

Sem comentários: