sexta-feira, 3 de outubro de 2014

OBSERVAÇÃO DE AVES

 Elementos tirados da Internete                                                          


       OBSERVAÇÃO DA AVES

                                                   
                                 
Das vastas planicies, aos montados de sobro ou azinho,passando pelos rios e estoarios e vasta zona costeira. o Alentejo é uma zona que possui grande variedade de paisagens naturais o que permite a observação de um grande numero de espécies num unico dia. A abetarda,o sisão, a águia real, o abutre negro, o francelho, o peneireiro cinzento, a pêga azul, o coelhereiro, o cortiçol de barriga preta, a perdiz do mar são alguns exemplos de espécies que poderão ser observadas nas paisagens alentejanas, algumas delas com uma distribuição muito restrita na Europa e no mundo.
No Alentejo estão classificadas cinco areas protegidas que englobam a maioria dos habitats naturais. Para além destas areas estão definidas  22 areas consideradas importantes para as Aves(IBA`s) e outras tantas áreas definidas, ao abrigo de directivas comunitárias com especial interesse para a conservação da natureza.
---------------------------------------------------------------------------------SUGESTÕES DE LOCAIS PARA OBSERVAÇÃO DE AVES
                             NO ALENTEJO 
                                                 
                                                  
Albufeira da Povoa                            Estuário do Mira
Albufeira de Alqueva                        Estuário do Sado
Albufeira do Caia                              Evora 
Albufeira do Maranhão                    Lagoa de Melides
Albufeira do Monte da Rocha          Lagoa de Santo André
Albufeira do Roxo                             Lagoa dos Patos
Alter do Chão                                    Marvão
Aterro  Sanitario de Beja                 Mertola
Barragem de Montargil                    Mina S.Domingos
Barragen de Odivelas                       Mora- Ribeira do Divor
Barragem do Divor                           Moura
Barrancos                                           Mourão
Cabo Sardão                                       Nisa
Castelo de Vide                                   Ribeira de Moinhos
Castro Verde                                                     São Cristovão
Elvas

Já referenciei  alguns destes locais no blogue.
--------------------------------------------------------   ----------------------                                 LISTA DE ESPÉCIES
BEJA- 294 espécies , CASTELO BRANCO - 226,  EVORA  - 247 , PORTALEGRE - 251
-------------------------------------------------------------------------------
   
 Aconselho a ver na Internete:

LISTA DAS ESPECIES DE AVES DO ALENTEJO

(Distritos de Beja,Évora, Portalegre e a parte meridional do Distrito de Setubal)      Actualizada em 30/3/2011
----------------------------------------------------------------------------------                              Aguia-Imperial-ibérica
                       está de regresso ao Campo Branco

O Campo Branco é um território fantastico, sendo um exemplo de como podemos conciliar as actividades humanas,neste caso a agricultura e a pecuária,com os valores naturais. É um local de excelência para as aves estepárias, como o sisão ou a abetarda,ocorrendo aqui diversas aves de rapina também muito ameaçadas, como é o caso da águia-imperial-ibérica.


Castro Verde é um concelho com inumeras potencialidade ao nivel do turismo ornitológico.


Pequeno texto extraido de uma entrevista de Maria Roby Amorim a Paulo Marques-Diário do Alentejo

---------------------------------------------------------------------------------

                  SUGESTÕES DE LOCAIS PARA OBSERVAÇÃO


Albufeira da Povoa - Albufeira do Alqueva - Albufeira do Caia - Albufeira do Maranhão - Albufeira do Monte da Rocha -

Albufeira do Roxo - Alter do Chão - Aterro Sanitário de Beja - Barragem de Montargil - Barragem de Odivelas - Brragem do Divor - Barrancos - Cabo do Sardão - Castelo de vide - Castro Verde - Elvas - Estuário do Mira - Estuário do Sado - Évora - Lagoa de Melides - Lagoa de Santo André-  Lagoa dos Patos- Marvão - Mértola - Mina de S.Domingos - Mora(Ribeira do Divor) - Moura - Mourão - Nisa - Ribeira dos Moinhos - São Cristóvão - Serra de S. Mamede - Sines.
                                 --------------------------------
O Concelho de Mertola tem tentado afirmar-se no estrangeiro como um destino de eleição para a observação de Aves.

Abetardas, sisões ou águias imperiais ibéricas são algumas das especies que podem ser observadas na região.

Desde 2008, a Camara Municipal tem adotado uma estratégia de promoção da actividade, sobretudo no Norte da Europa e da América.                                                                                            ________________________________________                                           

"O Alentejo é a nova Toscana"
O Alentejo é consideradio a «nova Toscana» região italiana muito conhecida como um dos melhores locais do mundo para observar a avifauna do sul da Europa, uma forma de dizer  que o Alentejo é um dos destinos portugueses mais procurados.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

"BIRDWATCH IN ALENTEJO" é um serviço de animação turistica da responsabilidade de Jorge Safara, através da qual pretende realizar visitas guiadas para observação de aves no Alentejo. Esta região que ocupa cerca de um terço de Portugal continental é muito rica do ponto de vista natural, sendo constituida por diversos habitats que albergam um grande numero de espécies de aves.

Para além das areas protegidas, como a reseva Natural do Estuário do Sado, do Parque Natural do Vale do Guadiana ou do Parque Natural da Serra de S.Mamede, estão ainda definidas diversas àreas ao abrigo da Rede Natura e também Áreas importantes para as Aves
( Achei muito importante esta "animação turistica, e faço votos que seja uma iniciativa com sucesso)
 ------------------------
O Alentejo apresenta condições excepcionais para a observação de aves, oferendo um vasto conjunto de habitats, assim como paisagens magnificas.
A gastronomia regional é deliciosa e o património histórico e cultural é muito rico.
O objectivo desta  "viagem" é a observação das aves no montado alentejano. São ecossistemas florestais dominados pelo sobreiro e pela azinheira, com controlo da vegetação sub-arbustiva.
Os montados de sobro são um dos habitats mais ricos em biodeversidade da europa,  e em Portugal suportam regularmente mais de 160 espécies de aves, das quais mais de 100 são nidificantes.
Especies como a felosa do mato, a pega azul, o abutre negro, o grifo ou a cegonha negra são possíveis de observar na região.
----------------------

CAMPING BEIRÃ-MARVÃO

A Sera de São Mamede Parque Natural, dentro do qual o nosso acampamento Beirã-Marvão tem a sua localização única-é, naturalmente, um Eldorado para tudo o que tem a ver com as aves
---------------
BARRANCOS
Situada no extremo de uma região pouco povoada,coberta de extensos azinhais, a remota zona de Barrancos é considerada,por muitos ornitólogos,como um local de eleição para observar aves.
----------------
ALQUEVA
Devido às suas caracteristicas, o Alqueva é sem duvida, um bom local para a observação de aves.
A zona de Monsaraz e Mourão é uma zona priviligiada em relação a esta prática. Para quem gosta de aliar a beleza da paisagem,monumentos e vida selvagem, esta é uma zona que devem conhecer,
------------------
BARRAGEM DA ROCHA- Panoias
Bem perto de Panoias, os visitantes podem apreciar toda a beleza e calma proporcionadas pela Barragem do Monte da Rocha, local privilegiado para a prática de observação de aves.
FOTOS DA INTERNETE
____________________________________________________
                  ESTUÁRIO DO MIRA
Um grande estuário por descobrir





Vila Nova de Milfontes é, sobretudo, procurada pela praia, mas é também junto a esta vila que fica o maior estuário da Costa Alentejana e Vicentina.O Estuário do Mira. Um rio calmo, sem navegação comercial, um cenário(quase)desconhecido, onde se podem observar aves como a garça-real ou a águia- pesqueira. E a gaivota-cabeça-preta e o ganso-patola e a rola -do-mar e o corvo- marinho-de-faces- brancas e....Pássaros e aves de estuário, que podem ser vistas sobretudo nas margens, nas zonas de sapal, especialmente quando a maré está vazia, se possivel desde o barco.

Passeios a partir de 10 euros com partida do Cais da Fateixa, 
é uma óptima oportunidade  para conhecer o estuário.
(Texto assinado por JFO na Revista Evasões de 31/03/2017)
_____________________________________________________

                       CASTRO VERDE

Monte Guerreiro, aldeia situada entre Castro Verde e Mértola, no coração do campo Alentejano, é um ponto de passagem e de paragem de muitas aves migratórias. Ao cortejo juntam-se também o milhafre preto. o guarda rios, o peneireiro-das-torres. A Observação é de tal forma garantida que a Casa dos Castelejos é procurada por birdwatchers de todo o mundo.
Mas não é preciso ser-se especialista, até porque eles ensinam. Têm visitas guiadas de observação de aves e interpretação da paisagem em percursos pedestres.
Quem não quiser ficar apenas por estes voos pode sempre optar por um safári fotográfico, piquenique, passeios de charrete,BTT ou um workshop de pão alentejano.
(Texto assinado por JFO na Revista Evasões de 31/03/2017)


CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Do VALE DO GONÇALINHO

O centro tem várias actividades no âmbito da preservação da Natureza, mas há um passaro que tem dominado as atenções: a abetarda- a maior ave da Europa, um helicóptero com asas.

COISAS QUE NÃO SABE SOBRE A ABETARDA

-É a ave voadora mais pesada da Europa.Um macho pode chegar aos 16 quilos, o dobro do peso das femeas.
-Apesar do peso consegue voar.Precisam é de ganhar velocidade,correndo antes de descolarem

-O seu ritual de engate é muito exuberante e consiste no inchaço dos sacos pulmonares e no reviramento das pernas.
-Os machos mais velhos são mais charmosos, e fazem as paradas nupciais mais espectaculares.
-As fêmeas não fazem ninho nas arvores mas no solo.
(da revista Sabado de 31 Outubro 2017)

-_____________________________________________________


Os passaros cantam a par da azáfama do nosso dia a dia. O Nosso ruido sobrepõe-se, na maioria das vezes, ao canto dos passaros.Sem nos darmos conta.Temos essa perceção sim, aos fins de tarde, onde quer que haja uma árvore. Eles cantam e chilreiam à centenas...........l

Além das 10 ou 15 aves mais conhecidas que nos rodeiam, na cidade ou no campo, como o pardal, o pintassilgo, as felosas, existem mais de 300 espécies diferentes na nossa região.
(Diário do Alentejo 29/12/2017-Entrevista de Joana Gomes a Mariano Martins)
-----------------------------------------------------------------------------

2017 foi o ano da aprovação da Candidatura de Castro Verde a Reserva da Biosfera da Unesco, a 11ª inscrição em Portugal e a primeira integralmente a sul do Rio Tejo. 


_______________________________________


                            ABUTRE-NEGRO

Este tipo de ave volta a nidificar no alentejo
Em 2017 vários casais de abutre-negro voltaram a nidificar no Alentejo. Recorde-se que, após 40 anos sem qualquer nascimento a sul do Rio Tejo, há dois anos a espécie voltouy a reproduzir-se na região.
(Diario do Alentejo de 29/12/2017)
______________________________________________________




Sem comentários: