terça-feira, 4 de agosto de 2009

VIOLA CAMPANIÇA











                                       VIOLA CAMPANIÇA 


Também designada por viola Alentejana, era o instrumento musical usado para acompanhar os célebres cantares à desgarrada, ou " cantes a despique" que se ouviam com grande animação em todas as festas e feiras do Alentejo.


Viola Campaniça foi um nome dado pelas pessoas de Beja, mas em termos jocosos, pela maneira tosca(com cordas de arame), como eram feitas.
Nos anos 50 e anteriores os cantares à desgarrada acompanhados à viola, faziam a animação obrigatória de qualquer lugar onde houvesse festa.

                                                                                                                                                    

Eram famosos os cantares onde o tio Manel da Vaca Gorda, Norberto Gateira, Zéfinha de Portel, tio Manel Bento e o tio Álvaro Pedro da Aldeia dos Fernandes, entravam a despique.

Eles eram portadores das novidades de várias terras, que em quadras alegres e brincalhonas cantavam para numerosas pessoas.
O tio Manel da Vaca Gorda foi a figura que mais recordo, talvez pela razão de a estação de Panóias ser um ponto de passagem quase obrigatória para ele.
Belas caracoladas comi em criança, com os caracóis que ele apanhava.
O livro de José Alberto Sardinha e a vasta divulgação dada pela Rádio Castrense, evitou que a Viola Campaniça, caminhasse para a sua extinção.



A viola campaniça é um dos vários tipos de cordofones tradicionais portugueses, típico da região campaniça alentejana, o Campo Branco do Baixo Alentejo. É um cordofone com 10 cordas(cinco ordens de cordas duplas), de enfranque muito pronunciado, e que se crê que tenha evoluido a partir da " vihuela de mano medieval".

Como particularidade deve-se referir o facto de, apesar de ser um instrumento de 10 cordas, possuir doze afinadores, ou tarrachas, e da ponta, ou cavalete, estar também preparada para as doze cordas, o que indica que o instrumento foi outrora dotado de uma sexta ordem de cordas duplas(como a viola francesa) mas que estas terão caído em desuso( aliás, o mesmo tem acontecido mais recentemente com a quinta ordem de cordas.) (elementos tirados da Internete)



                        ------------------------------------------------------------------------






Sem comentários: