sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

ARTE RUPESTRE INÉDITA NO GUADIANA




A descida das águas,em consequência da situação da seca, proporcionou a descoberta de 5 gravuras de arte rupestre nasa margens do Guadiana, 'perrto da ermida Nossa Senhora da Ajuda, concelho de Elvas.
Os achados, que se admite serem da época pós-paleolítica,podem ser inéditos,de uma data entre o neolítico e o calcolítico, a Idade do Cobre. As greavuras, que aparentam ter "milhares de anos, lembram a forma de serpentes e de figuras hjumanas através de picotados em rochas.
A descidas das águas também permitiu pôr a nu gravuras na margem espanhola do Rio Guadiana.
Os primeiros registos de arte rupestre descobertos no Guadiana datam da década de 70 do Sec.XX, na  zona do Pulo do Lobo. nos concelhos de Mértola e Serpa.
Mais tarde ,em 2001 e 2002 aquando da construção do Alqueva, foram encontrados mais achados, nomeadamente numa faixa de 10 quilómetros, no concelho do Alandroal.

Do Diário do Alentejo 23/02/2018

Sem comentários: